Turismo, para muitos é pura economia, mas para poucos é uma gama de significados que até então não conseguiram desvendar. Uma profissão como as outras, porém com uma visão de mundo tão vasta que chega a assustar, principalmente, quando olhamos pra frente e vemos o mundo em nossas mãos. Então vamos, vamos para uma estrada amazônica, onde existe a tarefa mais difícil e talvez a mais prazerosa de nossa profissão, lidar com a Diversidade!

Bem-vindo ao meu Blog! Relacionem-se!

.

Translation

Free Translation

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Parelhas: Terra de Grande Potencial Turístico


Parelhas: todas as fotos postadas foram tiradas por R. Sena e estão no seu acervo fotográfico!

                                Entrada da Cidade


          O município de Parelhas, está localizado à 240 Km da capital Natal, no estado do RN, possui uma vasta potencialidade turística, provinda de uma cultura inigualável e da sua História de evolução, desde a criação com a fazenda Boqueirão até os dias atuais.

     É através da cultura festiva, da cultura histórica e social de um povo que ama o que faz, que se pode sensibilizar a população sobre a importância da conservação de seus recursos, tanto ambientais, como sócio-culturais.

Aqui, neste blog será postado as potencialidades do município de Parelhas, RN.


                          Pinturas rupestres de Parelhas

Sítio Mirador – Sítio Arqueológico com mais de 9.400 anos, catalogado no Iphan e UFPE. Possui um grande acervo de pinturas primitivas que retratam o cotidiano de uma civilização antiga e que perdura até hoje, proporcionando a quem a visita uma viagem ao passado. Cada figura retrata uma passagem da vida dos nossos antepassados. Local de fácil acesso, pois se localiza a apenas 300 m da estrada vicinal do Boqueirão. Contemplado com recursos do Prodetrur e do IPHAN, para construção de passarelas de acesso e urbanização, como estacionamento etc, visando sempre uma sustentabilidade ambiental. Segundo os técnicos as obras começarão em breve. Vale a pena visitar. Acredito que a não construção dessas passarelas não seria inviável, pois a subida é feita por trilha, o que da uma certa veracidade a forma de vida que os antepassados possuíam.

                      Sangria do Açude Boqueirão

Barragem Boqueirão – Com capacidade de armazenar 86.000.000 m³ de água em pleno sertão nordestino. Possui um espelho d’água de 1.400 he e uma extensão de 14 km, com águas própria para pesca esportiva de Anzol de vários tipos de peixes com a Tilápia e o Tucunaré, Canoagem, passeios de barco, setor de restauração básica para a possibilidade do visitante provar um delicioso peixe frito ou outros petiscos, com uma vista belíssima em toda sua extensão emparedada pela Serra do Boqueirão.

Passeio Off-Road – Além dos interessantes passeios em Jeeps tradicionais em plena Caatinga e também passando por minerações de quartzito e outro minerais, podemos em um passeio mais logo, visitar o Mirante da Serra do Boqueirão, local de uma vista privilegiada, pois temos toda vista da Barragem Boqueirão do alto de 560 metros de Altura, além de visitarmos o Poço da Princesa, localizado dentro de uma galeria de mineração desativada. Outra opção mais rápida e mais emocionante e radical é a visita ao Mirante Capelinha da Serra também de Jeep. Outro lugar de rara beleza e que tem também um apelo religioso, pois a capela foi construída através de uma promessa nos anos 30 e reformada em 2006. Esses dois lugares devem ser visitados de preferência à tarde para poder ser contemplado um belo Pôr do Sol vislumbrando todo o vale do Seridó.

                           Estação Ecológia malhada Vermelha

Estação Ecológica Malhada Vermelha - Reserva da Caatinga, que já foi alvo de reportagem no SBT Repórter. A estação conta com uma grande diversidade de fauna e flora, contento espécies consideradas raras. Tendo como opção fazer trilha e caminhadas, como possibilita o turismo paisagístico, que é um turismo bastante sustentável, onde os turistas apenas observam a natureza, proporcionando um baixo impacto ambiental, comparada com outras atividades.

        
                                  Matriz de São Sebastião

Igreja Matriz de São Sebastião – A Matriz de São Sebastião é considerada um atrativo turístico, pois não faz parte da história de Parelhas, ela é a história da cidade. A história da sua construção é de conhecimento da população que se encanta todos os dias ao vê-la. Igreja de arquitetura do século XIX, apresentando mais de um estilo como o estilo Românico, presente no início do século XII, e Gótico, estilo de meados do século XII até o séc. XV, apresentando suas variadas formas, como o gótico puro e o flamejante. Porém, esse estilo é provenientes da arte do século XIX, século este que houve uma mistura de estilos arquitetônicos. Dona de uma beleza singela, a Igreja Matriz, guarda por trás do altar uma grande Cruz, com mais de 150 anos que foi retirada e trazida nos 100 anos da cidade. Cruz essa, que era marco de um dos cemitérios de coléricos, onde hoje se encontra uma praça social. Além de conter a primeira imagem de São Sebastião utilizada nas procissões da festa desse padroeiro a mais de 100 anos. A igreja ainda apresenta jazigos em seu interior, costume esse proveniente da época, tendo por trás desse costume uma crença de salvação.

Eventos – Um dos maiores atrativos turísticos do Seridó são os eventos, tanto religioso, como social, esportivo, e outros. A Cidade de Parelhas apresenta eventos quase todo o ano. Começando o ano com a Festa do Padroeiro São Sebastião, conhecida popularmente como Festa de Janeiro, por ser no mês em questão, apresentando a festa religiosa e social, sendo o maior evento da cidade. No mês do carnaval, pode-se aproveitar a folia na Barragem Boqueirão, com música ao vivo e arrastão dos foliões ao som de machinhas de carnaval do açude ao centro da cidade. Março é possível apreciar o Encontro Estadual de Jipeiros, onde os jipeiros enfrentam-se em uma competição de velocidade e estratégia. Além se proporcionarem a população e visitantes um evento musical para o deleite de todos. Abril está entrando nesse calendário com o Parisfest, um tipo de carnaval fora de época, onde visitantes e a população pulam ao som do axé music pelas ruas da cidade. Maio é o mês de Nossa Senhora de Fátima, onde todos os presentes na cidade contemplam a homenagem a Santa, e curtem após a missa no Santuário, música ao vivo na praça de eventos de Parelhas. O São João da cidade diverge na sua realização entre os dias finais do mês de junho e os dias iniciais do mês de julho. Outubro é o mês da volta ao tempo, onde há a realização da Festa dos Anos Sessenta onde os parelhenses e visitantes relembram e curtem as músicas da Jovem Guarda. Em novembro é possível apreciar a segunda maior festa da cidade, A Festa dos Caminhoneiros que compreende 03 (três) dias, sendo no final de semana, com direito a cerveja free no domingo da festa com música ao vivo. A Festa dos Caminhoneiros é realizada há mais de 20 anos, com corridas de jegues, gincanas automobilísticas de caminhoneiros e festas dançantes no clube ACAMPAR - Associação dos Caminhoneiros de Parelhas.

Grupos Culturais – Outro grande atrativo turístico são os grupos culturais, como a mais antiga quadrilha junina da cidade, Arraial Brilho do Sertão, completando no ano de 2010, 15 anos de existência, sempre se adaptando as inovações das categorias, passando de tradicional para estilizada. Outra quadrilha Junina é a Paixão Nordestina que nasceu a alguns anos, mas que proporciona, assim como o Brilho do Sertão, diversão, entretenimento e encanto a todos que as assistem. Outro grupo cultural é o grupo de teatro Baú Nordestino de Artes, que em alguns eventos da cidade, encena atos que expressam sentimento em quem os assistem. O grupo Brasileirinho Multi Mistura, apresenta danças de acordo com os eventos, podendo se enquadrar em junino, forró e outros desdobramentos musicais. E outros grupos, tão importante quanto, são: o grupo cultural Negros do Rosário, pertencentes a  Comunidade Quilombola da cidade de parelhas, onde eles dançam ao som de sons dos seus descendentes, mantendo a cultura dos negros escravos viva; e a Banda de Música 11 de Fevereiro, que durante a festa do padroeiro toca lindos dobrados e outras trilhas sonoras antes, durante e depois da novena de São Sebastião, além de tocarem a alvorada, as 5 horas da manhã, onde visitantes e parelhenses saem em seguida acompanhando a Banda de Música por toda a cidade. A banda completou em 11 de fevereiro 2010, 103 anos. Caso, algum visitante aniversarie, durante a festa do padroeiro, tem a ótima opção de contratar a Banda de Música, visto que, é um grupo “privado”, para acordá-lo com um belíssimo som de parabéns.

Cemitério - Turismo Móbido ou Exótico– O 1° cemitério da cidade, hoje se encontra em ruínas, porém o cemitério principal da cidade, para os interessados em turismo mórbido, apresenta riquezas nas construções tumulares, com túmulos de uma arquitetura exóticas, mostrando a importância da pós-vida ou para obtenção de status na época da construção dos mesmos. Para muitos a visita ao cemitério, com interesse turístico, pode parecer surreal, porém muitos turistas, principalmente estrangeiros, se interessam por esse tipo de turismo, como ocorre na cidade de Acari e Currais Novos. Além dos cemitérios dos coléricos com toda a sua história de enterro de pessoas vivas em decorrência da Cólera Morbus.

Arquitetura Civil - Na cidade de Parelhas, ainda é possível encontrar casas com arquitetura da época de sua construção, algumas com mais de 50 anos, esperando uma ação para a conservação das mesmas. A cidade conta com sua primeira escola ainda em funcionamento, registrada como Patrimônio Histórico, com arquitetura preservada desde a sua construção. A praça, de nome Arnaldo Bezerra, que existe hoje, com um busto do mesmo, foi pouco modificada através do tempo. Porém, encobre a existência de um coreto que antecedeu a construção da praça, marcada por uma história de divergências políticas. A cidade ainda conta com a Maternidade Dr. Graciliano Jordão e o Hospital Dr. José Augusto que conservam ainda as características do primeiro ano de seu funcionamento. Além do mercado público que também faz parte da história da cidade e outros locais de interesse do visitante.



                      Serra Boqueirão ou Serra da Princesa

Serra Boqueirão - Serra das Queimadas, conhecida popularmente como Serra do Boqueirão ou Serra da Princesa, que possui por trás de uma belíssima paisagem, diversos mitos e lendas sobre tal serra. Como a crendice da existência de um princesa adormecida que a natureza fez questão de esconder. possivelmente por causa de suas formas serem parecida com as formas de uma mulher deitada, outros dizem que é um cobra coma cabeça decepada... Mitos e lendas que fazem parte da cultura da cidade, um segredo que a população ainda não desvendou e que é de interesse do turismo.

                          Sítio Cidade das Pedras


Sítio Cidade das Pedras - No município de Parelhas, possui uma vasta extensão de terra com formações rochosas belíssimas, tendo potencialidade para o geoturismo, um segmento tão novo que engloba um atrativo tão antigo como é o solo, as rochas e suas formações, entre outros. Assim como uma mina localiza na serra Boqueirão, com um poço, conhecido popularmente como poço da princesa, devido a história da serra da princesa...


Parelhas tem grande potencialidade turística, basta saber explorar com responsabilidade...




Beijos e relacionem-se!
R. Sena

1 comentários:

galego disse...

A emoção é grande ao relembrar cidade em que nasci,muitas lembranças daqueles tempos de menino.hoje estou com 57 anos.
mais lembro como se fosse hoje.TE AMO PARELHAS !!!.

Postar um comentário

COTAÇÕES

.

Dólar


Fornecido Por Cotação do Euro

Euro


Fornecido Por Cotação do Euro

Topo da Página